sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Cachoeirinha projeta novo ginásio na zona Norte

Está previsto para este ano o início das obras do Ginásio Municipal de Cachoeirinha com medidas olímpicas e capacidade para 4 mil pessoas na rua Ari Rosa dos Santos que liga o bairro Granja Esperança a avenida Frederico Ritter,, na zona norte de Cachoeirinha. De acordo com o secretário de Desporto e Lazer, Irani Teixeira, o Ginásio esportivo terá vestiários, estacionamento, praça de alimentação e muitas outras estruturas.
“O Ginásio terá capacidade para abrigar até cinco mil pessoas, graças à arquibancadas móveis. Será possível também realizar três jogos de futsal, vôlei ou basquete simultaneamente”, afirmou Irani, que recebeu recentemente a planta da obra. Segundo ele, o ginásio, após sua conclusão, será um dos melhores do estado e também estará preparado para receber shows e competições nacionais e internacionais.
Outro diferencial da obra é que a quadra contará com um tablado acoplado. “Esse recurso não provoca danos e não risca a quadra”, explica o secretário de Desporto e Lazer. O novo espaço foi projetado dentro de uma visão futurística em termos de design e conceitos ambientais. “Vamos aproveitar os recursos naturais como a água da chuva e a luz natural”, explica Irani.

Como será construído
O ginásio será construído com recursos do governo federal, através do Ministério do Esporte, e do município e deve chegar a R$ 3 milhões de investimentos. A obra será executada em três etapas: 1ª com R$ 1.378,875, a 2ª com R$ 500 mil e a 3ª com R$ 400 mil. Os recursos garantidos pelo Ministério do Esporte, chegam através de emendas parlamentares (Senador Sérgio Zambiasi e dos deputados federais Vieira da Cunha, Luis Carlos Busato, Paulo Roberto, Mendes Ribeiro Filho, Manoela D'Avila e Beto Albuquerque).
Na obra será utilizado material resistente, seguro e moderno. “Estamos nos preparando para sediar qualquer atividade artística e competições regionais e nacionais. Questões como acessibilidade também foram previstas. Queremos e vamos provocar uma revolução na área desportiva, atendendo nossos atletas e estimulando a prática esportiva, o lazer e diversão para toda comunidade”, diz o secretário de Desporto de Cachoeirinha.
Com mais de 5 mil metros quadrados de área, o ginásio vai garantir Cachoeirinha na Série Ouro do Gauchão de Futsal. A garantia já foi dada pela Federação Gaúcha ao prefeito Vicente Pires. Também contará com sala de reuniões, recepção, administração, almoxarifado, banheiros e vestiários, área para equipamentos para depósito e sala para juízes.

Atletas comemoram
O incentivo ao esporte é uma prioridade do atual governo, que no último ano reformulou o campo da Amopam, realizou vários torneios e campeonatos em diferentes modalidades esportivas e apoiou a criação de ligas. Essas melhorias e iniciativas estão sendo apoiadas por desportistas e atletas de Cachoeirinha.
O faixa preta de taekwondo Osmar Oliveira Spido, de 34 anos, filiado à Federação Gaúcha e Confederação Brasileira de Taekwondo, diz que com a construção do ginásio Cachoeirinha dará um salto de qualidade. “Quem ganha com isso são desportistas de todas as modalidades e também a comunidade, que poderá contar com um espaço extremamente qualificado. Não tinha expectativa em relação à prática esportiva. Hoje, sonho. Os investimentos estão acontecendo”.
Meta é formar atleta olímpico
Com o complexo, a SMDL tem a expectativa de levar um cachoeirinhense às Olimpíadas de 2016. O sonho começa a ter outros defensores como o presidente da Associação de Futsal de Cachoeirinha (AFUSCA), Everson Alves Bitencourt. “A expectativa é muito grande. Percebo a empolgação das pessoas em participarem desse momento tão importante. Temos atletas com muito potencial que foram buscar espaço em outros estados. Com essa estrutura que será construída teremos condições de investir e colocar no cenário nacional gente aqui de Cachoeirinha”.
O presidente da Afusca aproveitou a oportunidade para destacar a realização da Série Ouro de Futsal. “Esse fato inédito só será possível com a chegada do complexo. Temos em torno de 1.300 atletas defendendo a camisa de clubes aqui do município e todo esse potencial poderá ser visto por mais pessoas”.
Para o presidente da Liga Municipal de Artes Marciais, Carlos Alberto da Rosa, o Sansão, todos os investimentos realizados na área do desporto e lazer e com a construção do ginásio, Cachoeirinha está prestes a se tornar a cidade do esporte. “Estamos no caminho certo, todos estão unidos no mesmo ideal. Com a construção desse espaço bonito, prático e funcional todos vão ganhar”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário